Vereadores de Porto dos Gaúchos retomam trabalhos legislativos em 2018 e aprovam 05 indicações e 03 projetos

 

O ano legislativo na câmara municipal de vereadores de Porto dos Gaúchos teve reinicio com realização de sessão ordinária na noite de segunda-feira dia 05 de fevereiro.

Na abertura dos trabalhos, 05 indicações foram propostas e também aprovados 03 Projetos de Leis propostos pelo poder executivo municipal.

O prefeito de Porto dos Gaúchos Baxinho Piovesan e o promotor de justiça da comarca, Marcelo Rodrigues Silva prestigiaram a abertura dos trabalhos legislativos. Em uso da tribuna o prefeito disse que espera contar com apoio dos vereadores em 2018 para continuar conduzindo o município, e enalteceu o projeto proposto pelo executivo de formação de uma parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, Campus de Sinop, para que universitários do Campus possam estagiar em órgãos públicos do município.

O promotor de justiça aproveitou para relatar o acordo feito com a prefeitura via secretaria de Meio Ambiente e Turismo para implantação da orquestra Sinfônica Municipal, cujos recursos iniciais partiram do Ministério Publico oriundos de transação penal. Rodrigues Silva fez também um breve resumo das ações impetradas pelo MP em 2017, deixando claro o bom desempenho diante de sua prerrogativa que é representar o cidadão.

Indicações propostas pelos vereadores

Foram aprovadas as indicações do vereador Paulo Badalo (PT), que solicita reparos na cobertura dos ginásios de esportes da gleba São João e de Novo Paraná, curso de primeiros socorros aos profissionais da rede de educação e pintura em todo o prédio do posto de saúde da São João.

O vereador Oscar de Almeida do PSD propôs instalação de um lava jato na comunidade São João, para zelar pelos veículos públicos.

Já Caio Pintor do PSC propôs ao executivo municipal que se faça a reforma do parquinho da praça Leopoldina Wilke.

Projetos aprovados

Na ordem do dia foram discutidos e aprovados os projetos; Lei 003/2018 que autoriza o poder executivo municipal a prestar ajuda de custo ao Tribunal Regional Eleitoral do estado de Mato Grosso para ajudar a manter o posto eleitoral local, Lei 002/2018 que autoriza o poder executivo municipal a firmar acordo especifico de cooperação com a fundação Universidade Federal de Mato Grosso, por intermédio do Campus Universidade de Sinop,  e o projeto de Lei nº 001/2018 que institui o Projeto Musicultura e cria a Orquestra Sinfônica municipal de porte básico de Porto dos Gaúchos.

A assinatura do termo de compromisso para reconstrução da escola estadual José Alves Bezerra pelo secretário de Estado de educação Marco Marrafon foi alvo de elogio dos vereadores, assim como a implantação da Orquestra Municipal mediante parceria Prefeitura, Ministério Público e Poder Legislativo Municipal.

O vereador presidente Nolar Soares disse que tem pressa na informatização do sistema de saúde do município e cobrou prazo do executivo para implantação, e ressaltou que mesa diretora da câmara estará oficializando as secretarias municipais que foram contempladas com emendas impositivas direcionadas pelos vereadores no final de 2017, para serem aplicadas em 2018.

Fonte :

Porto Noticias

Deixe seu comentário: