Vídeos mostram mais 2 ex-deputados e ex-secretária denunciados por Silval recebendo dinheiro; deputado reclama de R$ 1,8 milhão

Vídeos divulgados, esta noite, mostram mais dois ex-deputados estaduais – Antonio Azambuja (PP) e Airton Rondina (Português) recebendo dinheiro no Palácio Paiaguás que o ex-governador Silval Barbosa acusa, em delação premiada, que é propina. Azambuja chega na sala do ex-chefe de Gabinete Silvio Corrêa com uma pasta. Seriam R$ 50 mil. Ele não consegue colocar todo o dinheiro na pasta. Uma parte acabou colocando nos bolsos do paletó.

Outra gravação, também mostrada pelo Jornal Nacional, mostra o ex-deputado Airton Português (PSD) e a irmã dele, a ex-secretária adjunta de Educação no governo Silval Janice Marques. Silvio entrega dinheiro para eles e Janice coloca na bolsa.

Em outro vídeo aparece o deputado Baiano Filho (PSDB) conversando com Silvio. Ele não recebe dinheiro mas questiona se o acerto não será cumprido. “O presidente prometeu que tinha arrumado R$ 1,8 milhão. Dou conta não, cara. Eu preciso”, diz Baiano. Silvio responde: “Eu sei, mas não tem como. Não tem”. Baiano retruca: “Mas ele falou lá ontem, pô. Esse povo não cumpre o que fala ?”, cobra, sem citar o nome da pessoa que lhe falou.

Silval denunciou sete deputados estaduais além de vários ex-parlamentares de cobrarem propina em troca de apoio político. Cada deputado acusado teria recebido R$ 600 mil divididos em parcelas e o dinheiro era entregue no palácio, por Silvio Corrêa.

Fonte :

Só Notícias/Editoria

Deixe seu comentário: